segunda-feira, 6 de maio de 2013


Após uma longa busca de vários dias no google, eu achei este tutorial excelente escrito por Wagner Emmanoel de Farias de como proceder após a instalação do Debian Wheezy, pois, assim como vc ou a maioria das pessoas, não manjamos nada de Debian, e gostaria de compartilhar com vcs, e até mesmo como forma de backup, caso alguém ou mesmo o criador resolva deletar o tutorial original.



VAMOS AO TUTORIAL ENTÃO.

Após você ter feito login no sistema, pressione Alt+F2 e digite:
  • gnome-terminal 
Isso iniciará o terminal que iremos utilizar para realizar as configurações do Debian. Com o terminal aberto, faça o seguinte:

1. Torne-se root:
  • $ su 
Informe a senha do usuário root.

2. Agora devemos configurar o arquivo /etc/apt/sources.list para informarmos os servidores que desejamos utilizar para fazer os downloads dos softwares. Sendo assim, execute os seguintes comandos:

Basta selecionar as linhas abaixo sem o "#" e colar no terminal. O # é apenas para indicar que você deve estar logado como root. Facilita para quem não conhece algum editor em modo CLI. =) 
  • # echo deb http://security.debian.org/ wheezy/updates main contrib > /etc/apt/sources.list
  • # echo deb-src http://security.debian.org/ wheezy/updates main contrib >> /etc/apt/sources.list
  • # echo deb http://ftp.br.debian.org/debian/ wheezy main contrib non-free >> /etc/apt/sources.list
  • # echo deb-src http://ftp.br.debian.org/debian/ wheezy main contrib non-free >> /etc/apt/sources.list
  • # echo \#deb http://ftp.debian.org/debian/ wheezy-updates main contrib >> /etc/apt/sources.list
  • # echo \#deb-src http://ftp.debian.org/debian/ wheezy-updates main contrib >> /etc/apt/sources.list
  • # echo \#deb http://ftp.br.debian.org/debian/ wheezy-proposed-updates contrib non-free main >> /etc/apt/sources.list
  • # echo \#deb-src http://ftp.br.debian.org/debian/ wheezy-proposed-updates contrib non-free main >> /etc/apt/sources.list
  • # echo deb http://ftp.br.debian.org/debian-multimedia wheezy main non-free >> /etc/apt/sources.list
  • # echo deb-src http://ftp.br.debian.org/debian-multimedia wheezy main non-free >> /etc/apt/sources.list
  • # echo deb http://suwako.nomanga.net/debian sid main contrib >> /etc/apt/sources.list
  • # echo deb-src http://suwako.nomanga.net/debian sid main >> /etc/apt/sources.list
  • # echo deb http://ppa.launchpad.net/webupd8team/java/ubuntu precise main > /etc/apt/sources.list.d/webupd8team-java.list
  • # echo deb-src http://ppa.launchpad.net/webupd8team/java/ubuntu precise main >> /etc/apt/sources.list.d/webupd8team-java.list
3. Execute o processo abaixo para controlar as versões dos pacotes que irá utilizar:
  • # echo APT::Default-Release \"wheezy\"\; > /etc/apt/apt.conf 
4. Adicione as chaves dos repositórios:
  • # wget -O - http://suwako.nomanga.net/suwako.asc | apt-key add -
  • # apt-key adv --keyserver keyserver.ubuntu.com --recv-keys EEA14886
  • # A=1F41B907 && gpg --keyserver pgpkeys.mit.edu --recv-key $A && gpg -a --export $A | sudo apt-key add - 

5. Execute o comando abaixo para sincronizar sua lista de software local com as listas de softwares disponíveis nos servidores remotos. Os quais você adicionou em "/etc/apt/sources.list": 

  • # apt-get update 

6. Remova os softwares indesejáveis. Para quem não gosta de games, por exemplo, pode removê-los com o comando abaixo, para os que gostam, podem pular para o próximo passo: 

  • # apt-get purge gnome-games gnome-games-data gnome-games-extra-data 
Obs.: É sempre importante verificar a quantidade e quais pacotes serão removidos, principalmente nos sistemas que estão em versões de teste. No exemplo acima será solicitada a remoção de 19 pacotes, pode removê-los sem medo. 

7. Atualize todos os pacotes que restaram no sistema, utilizando o comando abaixo:
  • # apt-get upgrade 
Para os mais espertinhos que já aprenderam que o aptitude é bem parecido com o apt-get e tem "melhor formatação", cuidado! Ser parecido não é ser igual. Ambos utilizam uma estrutura diferente para seleção de softwares, e em versões de testes, você corre um maior risco de quebrar a relação dos pacotes se utilizar oaptitude ou gerenciadores gráficos que se utilizam do aptitude internamente. 

8. Instale os firmwares necessários.

É muito comum, principalmente em notebooks, netbooks e ultrabooks que, até o momento, alguma parte do hardware não esteja funcionando, em destaque segue os adaptadores Wireless. Isso ocorre porque o Debian não traz em suas mídias de instalação firmwares proprietários utilizados por esses dispositivos. 

É para resolver esse tipo de coisa que adicionamos o "non-free" ao final daquelas linhas do arquivo sources.list. O "non-free" faz com que tenhamos acesso aos binários de códigos proprietários. Não vou entrar no mérito se isso é bom ou não! Para quem não sabe como contornar, a melhor coisa é usar esses "caras". 
  • # apt-get install firmware-iwlwifi firmware-linux firmware-linux-free firmware-linux-nonfree firmware-realtek 
Acima coloquei os mais comuns, pode ser que algo ainda fique sem funcionar. Para isso verifique o seu hardware com comandos, como:
  • # lspci E: # lsusb 
E depois, liste os firmwares que você tem disponível para instalar, com o comando abaixo:
  • # apt-cache search firmware
Ou:
  • # aptitude search firmware 
Obs.: Este último terá uma melhor formatação. Como é apenas para listar pode usar sem medo de quebrar relações entre os pacotes.

Se ainda assim você não encontrar o firmware necessário, será preciso uma busca mais detalhada na WEB e com certeza conseguirá resolver.

9. Instale os headers do kernel:
  • # apt-get install linux-headers-$(uname -r) 

NVIDIA / Java Oracle 7 e Adobe Flash

Habilitando NVIDIA Optimus através do BumblebeeNeste ponto é bem importante tratar-se dos recursos gráficos. E como não poderia ser diferente, vejamos como instalar o Bumblebee para habilitar o famoso recurso NVIDIA Optimus no GNU/Linux, uma novidade que invadiu os notebooks mais recentes na tentativa de economizar a bateria. 

1. Instale os pacotes abaixo:
  • # apt-get install build-essential pkg-config help2man libx11-dev libbsd-dev libglib2.0-dev 
2. Baixe os seguintes pacotes: 

Para i386, baixe no link abaixo:
  • # wget -v http://sourceforge.net/projects/virtualgl/files/VirtualGL/2.3.2/virtualgl_2.3.2_i386.deb -P /home/`echo $USERNAME`/Downloads/ 
Para amd64, baixe nos links abaixo:
  • # wget -v http://sourceforge.net/projects/virtualgl/files/VirtualGL/2.3.2/virtualgl_2.3.2_amd64.deb -P /home/`echo $USERNAME`/Downloads/ 
  • # wget -v http://sourceforge.net/projects/virtualgl/files/VirtualGL/2.3.2/virtualgl32_2.3.2_amd64.deb -P /home/`echo $USERNAME`/Downloads/ 
Baixe o pacote abaixo, ele será utilizado independente da arquitetura ser i386 ou amd64:
  • # wget -v https://launchpad.net/~bumblebee/+archive/stable/+files/bbswitch-dkms_0.5-1%7Eraringppa1_all.deb -P /home/`echo $USERNAME`/Downloads/ 
3. Após concluir o download dos pacotes, instale-os utilizando o comando abaixo:
  • # dpkg -i /home/`echo $USERNAME`/Downloads/*.deb 
4. Conserte as dependências rodando o comando abaixo: 
  • # apt-get -f install 
5. Em seguida, instale os pacotes abaixo: 
  • # apt-get install nvidia-glx linux-headers-$(uname -r) nvidia-kernel-dkms 
Obs.: Confirme com "OK" todas as telas que surgirem.

6. Utilize o comando abaixo para escolher o modo de aceleração GLX:
  • # update-alternatives --set glx /usr/lib/mesa-diverted 
7. Instale o Bumblebee, software que permite utilizarmos o recurso NVIDIA Optimus: 
  • # apt-get install bumblebee bumblebee-nvidia 
8. Adicione o root e seu usuário ao grupo do Bumblebee:
  • # adduser $USER bumblebee
  • # adduser $USERNAME bumblebee 
9. Reinicie o sistema:
  • # reboot 
10. Após reiniciar o sistema realize os testes utilizando os comandos abaixo e comparando as saídas:
  • # glxgears #Verifique a quantidade de FPS
  • # optirun glxgears # Verifique que a quantidade de FPS aumentou, pois está utilizando o segundo adaptador gráfico
  • # optirun glxgears -info # Saída com mais detalhes 

Java Oracle 7 e Adobe FlashNesta parte veremos como instalar e configurar o Java da Oracle e o Flash da Adobe no Debian Wheezy. 

1. Instale o Java utilizando o seguinte comando:
  • # apt-get install oracle-java7-installer oracle-java7-set-default oracle-jdk7-installer 
Obs.: Dê um "OK" e depois aceite os termos de utilização.

2. Configure seu sistema para utilizar o Java da Oracle:
  • # /usr/sbin/update-alternatives --set java /usr/lib/jvm/java-7-oracle/jre/bin/java 
3. Instale o Flash Player da Adobe, utilizando o comando abaixo:
  • # apt-get install flashplayer-mozilla 
4. Configure seu sistema para utilizar o Flash da Adobe:
  • # /usr/sbin/update-alternatives --set flash-mozilla.so /usr/lib/flashplayer-mozilla/libflashplayer.so 
Quase tudo Pronto.

Plugins / JMicron SD / Finalizando

Plugins de áudio, vídeo e programasNesta parte instalaremos os plugins de áudio e vídeo para que possamos assistir nossos vídeos sem surpresas. 

Aproveitarei para relacionar softwares que julgo importantes ter em um desktop. Fiquem à vontade para adicionar e remover o que desejar. Para os que não conhecem os programas que instalaremos a seguir, recomendo pegar o nome do pacote e fazer uma rápida pesquisa no Google e ver para que serve o mesmo. 

1. Instalando plugins gstreamer:
  • # apt-get install gstreamer0.10-alsa gstreamer0.10-buzztard gstreamer0.10-crystalhd gstreamer0.10-dvswitch gstreamer0.10-ffmpeg gstreamer0.10-fluendo-mp3 gstreamer0.10-gnonlin gstreamer0.10-hplugins gstreamer0.10-nice gstreamer0.10-plugins-bad gstreamer0.10-plugins-base gstreamer0.10-plugins-cutter gstreamer0.10-plugins-good gstreamer0.10-plugins-really-bad gstreamer0.10-plugins-ugly gstreamer0.10-pulseaudio gstreamer0.10-x libgstreamer0.10-0 
2. Instalando o VLC Player e seus plugins:
  • # apt-get install browser-plugin-vlc mozilla-plugin-vlc vlc vlc-plugin-* 
3. Instalando recursos para suportar novas extensões de compactação de arquivos: 
  • # apt-get install unrar p7zip-rar zip 
4. Instalando fontes Microsoft: 
  • # apt-get install ttf-mscorefonts-installer 
5. Instalando a versão do Google Chrome Open Source: 
  • # apt-get install chromium 
6. Instalando o Skype 4.1 no Debian Multiarch: 
  • # dpkg --add-architecture i386
  • # apt-get update
  • # wget -O skype-install.deb http://www.skype.com/go/getskype-linux-deb
  • # dpkg -i skype-install.deb
  • # apt-get install -f 
7. Instalando o VirtualBox para rodar suas máquinas de teste:
  • # apt-get install virtualbox-4.2 
Obs.: Após finalizar a instalação execute os comando abaixo para adicionar o root e seu usuário ao grupo "vboxusers":
  • # gpasswd -a $USER vboxusers
  • # gpasswd -a $USERNAME vboxusers 
8. Instalando programas de escritório que facilitarão o seu trabalho no dia dia:
  • # apt-get install planner freemind freemind-browser freemind-plugins-script freemind-plugins-svg dia-gnome scribus pdfshuffler 

Configurando JMicron SDExiste um bug conhecido com o leitor de cartão SD da JMicron. Se você inicializar o sistema com o cartão plugado no leitor, você conseguirá utilizar na boa. Porém, se você inicializar o sistema sem o cartão SD plugado e precisar utilizar o mesmo em seguida, o mesmo não será montado automaticamente. 

Para resolver isso, faça os passos abaixo:

1. Crie o arquivo "scan_sd_reader.sh" em /etc/init.d/ e adicione o script abaixo:

# vi /etc/init.d/scan_sd_reader.sh

Ou, para os que estão iniciando e não conhecem o Vi ainda:
# gedit /etc/init.d/scan_sd_reader.sh
2. Cole o conteúdo abaixo no arquivo: "scan_sd_reader.sh" 

#!/bin/bash

SCAN_FREQUENCY=2
function scan {
echo "Aguardando inserção de disco no leitor JMicron SD"
# Scan every few seconds for the reader until it is found
while true; do
sleep $SCAN_FREQUENCY
# break if the kernel sees the JMicron reader
pciscan=`lspci|grep JMicron`
if [ "$pciscan" != "" ]; then break; fi
sh -c "echo 1 > /sys/bus/pci/rescan" # rescan
done
echo "Leitor JMicron SD detectado, possivel disco inserido."
}

function stop {
for val in `pidof -x "$0"`; do if [ $ != $val ]; then kill $val ; fi ; done
}

function start {
$0 scan &disown
}

function restart {
stop
start
}

# start/stop
case "$1" in
start) start ;;
scan) scan ;;
stop) stop ;;
restart) restart ;;
force-reload) restart ;;
status) ;;
esac

exit 0
3. Faça com que esse arquivo que criamos possa ser executado. Para isso execute o comando abaixo:
  • # chmod +x /etc/init.d/scan_sd_reader.sh 
4. Faça-o iniciar junto com o sistema utilizando o comando abaixo:
  • # update-rc.d scan_sd_reader.sh defaults 
Pronto. Após reiniciar seu sistema e colocar seu cartão de memória em poucos segundos, o mesmo estará montado.

FinalizandoBom pessoal, poderíamos continuar fazendo milhares de modificações, porém, seria para nichos muito específicos de cada usuário. 

Até então, fizemos modificações que, geralmente, grande parte dos usuários utilizam em seus desktops. Daqui pra frente basta que vocês instalem os softwares que precisam para o seu trabalho no dia a dia e sejam felizes por utilizar softwares de qualidade e feitos com carinho para todos. 

Para realizar todo o processo de instalação e testes utilizei o notebook Dell XPS 15 L502x, todo o hardware irá funcionar 100% se você seguir os passos apresentados anteriormente. 

Autor do tutorial:Wagner Emmanoel de Farias.

nodes2013

0 Comente::